Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meus olhos, teus olhos

Meus olhos nos teus olhares
Completam-se e se dão.
Tão linda, tão doce, tão mulher.
Teus truques de sedução.

Espalham-se teus desejos
Transbordam-se os meus, sem medo.
Milhares de sensações!

Passam entre colo, pernas, lábios de apelo!
Transformam-se em fato, sabor de beijo,
Carícias, toques, sussurros, gemidos,
Gotas límpidas afloram, eu vejo.

Apego, chamego, aconchego.
Tudo em volta se foi.
Foi-se a luz, a mata virgem.
Restou-nos eu e tu, culpados, cúmplices...
Som, penumbra, desejo.

Do encontro à metamorfose
Saber sentir, não medir a dose.
Enfim a plenitude, o máximo, o ápice.
No peito macho tu te refazes
Sonho, sorriu, podemos mais e mais?!
FÁBIO BARBOSA
Enviado por FÁBIO BARBOSA em 17/08/2005
Código do texto: T43236

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FÁBIO BARBOSA
Olinda - Pernambuco - Brasil, 37 anos
120 textos (7815 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:16)
FÁBIO BARBOSA