Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Avesso de uma lágrima

Lembranças recentes me fazem chorar
Em meu ser infinito ficarei remoendo a dor
Não quero te magoar, não quero sofrer
Findo um amor que não teve início
Quero somente um amor que comece,
E que não tenha fim.

A cada obstáculo sofro arranhões,
Marcas eternas, lágrimas caídas.
Cada vez mais erro, não aprendo.
Erros já cometidos, tarefas sem correção.
O mundo dará voltas a mim
Todas as vezes trarei uma lágrima.

Dê-me um atalho, cortarei a falha
E mudarei meu rumo, mais dor terei
Mudanças me fazem sofrer,
Tornarei a ver tudo; avesso
A cada arranhão um obstáculo
Eternas marcas, caídas as lágrimas

Aprendo, cada vez mais, não erro.
Correção já sem erros; sem os cometer.
E eu darei uma volta no mundo
O avesso, tudo verá
Laçarei o tempo, para que me sirva
Lágrimas recolhidas aos olhos.
NESSABTG
Enviado por NESSABTG em 30/08/2005
Código do texto: T46218
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
NESSABTG
Bertioga - São Paulo - Brasil, 28 anos
38 textos (16282 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:58)
NESSABTG