Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

[POR MAIS QUE EU TENTE]

 
Por mais que eu tente esquecer,
as cicatrizes ainda ardem nos lençóis
As labaderedas fustigam a minha pele
e o meu amor fiel e d'ouro arde em sóis
 
Não consegui matar com dó e pena
nem deletar do micro ou da memória...
Criei progama novo pra guardar
momentos nossos que serão história
 
Guardei, em protegido arquivo, secreta senha
Respiro rouco e crepitante — que estertor!
Só nós sabemos como se abre a página
com a palavra mágica que é: AMOR


Fernando Tanajura
Enviado por Fernando Tanajura em 01/09/2005
Reeditado em 06/06/2012
Código do texto: T46684
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Fernando Tanajura). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fernando Tanajura
Estados Unidos
1467 textos (154802 leituras)
1 e-livros (154 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:59)
Fernando Tanajura