Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Suplício à minh'alma!

Ah, vil, pueril, fraco!
Desgraçado pelas tuas
Infâmias...
Castigado pelas tuas
Insânias...

Por que foste tu
Desviar-te da tua sina
Por que foste tu
Há muito "esquecer"
A tua oferenda divina?
 
Fostes e sempre serás um errante
Cada vez mais e mais distante
Do teu destino pelas Parcas traçado
E desta que, desde os tempos imemoriais,
Eternamente está a ti prometida...
 
Ah, vil, pueril, fraco!
Desgraçado pelas tuas
Infâmias...
Castigado pelas tuas
Insânias...
Cabelos de Prata
Enviado por Cabelos de Prata em 06/09/2005
Código do texto: T47946
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cabelos de Prata
Santa Maria - Rio Grande do Sul - Brasil
22 textos (3677 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:46)
Cabelos de Prata