Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Delírio


Não   sei  como sou capaz  de te amar tanto assim
Um  sentimento que machuca  e dilacera meu peito
Sentimento arrebatador
Como o vento de uma tempestade
Quando passou levou todo
Minha sanidade...
Minha  alma...
Meu corpo.....
Meu  coração
Essa tempestade nunca se aquieta
Sentimento latente em meu    peito
Que  pulsa
Como o sangue em minhas veias
Como minha própria vida

Shadow
Enviado por Shadow em 08/09/2005
Código do texto: T48581
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Shadow
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 30 anos
34 textos (1759 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:53)
Shadow