Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A minha Poesia

Hoje não quero fazer poesia
Falar das coisas que desgarram da alma
Quando as letras saem
A alma fica nua
E as estrelas não a pode cobrir
Quero apenas despir-me ao vento
Deixar que ele revire minhas páginas
Que me desfolhe
Levando todas as frases
Que me deixe leve
Como uma canção nos seus ouvidos
Durma, anjo
Deixe que minha voz te transporte
À outra dimensão
Onde "la solitudine" não fotografe seus olhos
E os prenda  nas cortinas de uma manhã cinzenta
Vamos seguir os pássaros?
Contar os ovinhos no ninho
Sobre todas as coisas que desejo acreditar
É que em algum lugar exista
Uma nova história pra se contar
Onde a maior beleza esteja intrínseca em nós
Como um segredo imortal
Para que ninguém a possa tocar
Nem apagar suas cores...
Rose Sousa
Enviado por Rose Sousa em 06/07/2014
Código do texto: T4871241
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rose Sousa
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 41 anos
70 textos (4120 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 11:16)
Rose Sousa