Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FALANDO DE AMOR - II

Será que é infinito
Tudo suporta, tudo aguenta
Renova, volta, recria
Desculpa, perdoa sem pedir
As vezes
É ódio, é amor, solidão
queima, doí, esfria

Será que não tem jeito
Me leva e me reporta, tudo enfrenta
Põe a prova, resposta, sangria
Deixa culpa, magoa, quer me ferir
Leva ao ócio, sem cor, escuridão
Teima, corroe, mais um dia...

...O céu vai cair

As lágrimas vão chover de você
E você vai chorar
por quantas e tantas vezes eu chorei
Você vai beber
Toda a dor que ainda há de doer

O inferno vai subir...

....Sua mascara vai desabar
tal qual é
Te quero te ver rastejar
mendigar esse amor que era só seu
Você vai morrer
A morte que tantas vezes morri
Só assim você vai poder entender
Sergio Cortes
Enviado por Sergio Cortes em 09/09/2005
Código do texto: T48991
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sergio Cortes
Uberaba - Minas Gerais - Brasil, 53 anos
102 textos (4493 leituras)
4 áudios (127 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:10)
Sergio Cortes