Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Corre a água cristalina

CORRE A ÁGUA CRISTALINA

 

Corre a água cristalina

Mata a sede é fresca e pura

Vai à fonte a menina

Com espreitada formosura

Traz colo de rosa

E duas roseiras atrevidas…

-Menina que corres à fonte

De onde vêm os teus risos?

-Vêm do cimo do monte!

Da brancura dos granizos!

 

Vai a água à fonte

Vai a fonte às rosas…

Cobiçadas por sorrisos…

 

E traz um sorriso atrevido

Um cântaro de mão na ternura

Vem a sede à menina

Mata a sede, fresca e pura

Corre a água cristalina

Que se espraia na secura…

 

Alagada por sorrisos…

Com que corres à fonte

De onde vêm os teus risos

-Vêm do cimo do monte!

 

Tanta sede molha os seios…

Tanta sede desatina…

Vem a fonte por seus meios

Corre a água cristalina

Enche o cântaro é fresca e pura

Vai a sede à menina…

Não tem sede a formosura…

 

12/08/2005

Rogério Simões
Romasi
Enviado por Romasi em 18/09/2005
Código do texto: T51645

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Romasi
Portugal, 67 anos
29 textos (3795 leituras)
9 áudios (510 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:26)
Romasi