Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Efemeridades


Ontem, ao te encontrar, julguei ter encontrado
Bem mais que um amor, minha metade perdida,
O fim de uma procura, o sonho enfim realizado,
Meu porto seguro, um sentido para a própria vida.

E eu te amei, como jamais havia amado antes,
Como nenhuma outra mulher foi um dia amada,
Eternizando em ti até mesmo efêmeros instantes
De suave enlevo, vendo em ti a eterna namorada.

Hoje, apesar de todo amor que te dei, com desvelo,
Tu te fostes para sempre, estou certo, bem sei,
Transformando imenso amor em infindo pesadelo.

Amanhã, talvez encontre em outra namorada,
Alguém a quem ame tanto quanto eu te amei,
Mas tu jamais serás por outro tanto assim amada.
LHMignone
Enviado por LHMignone em 21/09/2005
Reeditado em 28/09/2013
Código do texto: T52466
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
LHMignone
Mimoso do Sul - Espírito Santo - Brasil
1319 textos (200604 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 19:12)
LHMignone