Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Plenilúnio


Semiencoberta por nuvens, talvez pudica
Como se por veste diáfana, transparente,
A lua, em plenilúnio, ao que tudo indica,
Vai-se descobrindo aos poucos, de repente.

Como se fôra a mulher amada adormecida,
No esplendor de sua beleza sobre o leito,
Bocejante, sensual, por fim ei-la despida
Acelerando meu coração dentro do peito.

Raios fúlgidos que de seus olhos emanam,
Em busca do brilho dos meus... lábios rubros
Que se abrem em um sorriso e me ufanam,

Balbuciante, sussurrando convites sem pudor.
E num abraço terno eu a envolvo e a cubro,
Iluminados pela lua neste momento de amor.
LHMignone
Enviado por LHMignone em 21/09/2005
Reeditado em 01/10/2013
Código do texto: T52510
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
LHMignone
Mimoso do Sul - Espírito Santo - Brasil
1319 textos (202777 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:36)
LHMignone