Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desejos

Bem -  me - quer , malmequer,
bem -  me - quer , malmequer,
bem -  me - quer , malmequer.
            Bem -  me  - quer
toque
de minha pele sobre
                sua pele nua.
Meu corpo querendo
não sei o que
mas suponho creio
gemendo,sofrendo,
rogando , implorando
por desejos proibidos.

As
Fantasias escondidas
contorcendo-se inquietas
espremidas pela ânsia.
Sua púbis acesa
a escorrer em caramelo.
                A
perfumada rosa de seu sonho
se espetá-la
e abre-se  sequiosa
prazerosa  para  a festa.
               Sua
boca sedenta clamando
não sei o que
mas suponho,creio,gemendo,
mordendo,sussurrando
palavras proibidas ,
alagada
              pelas chamas
da torrente repentina.

Bem - me - quer ,malmequer,
bem - me - quer ,malmequer,
bem - me - quer ,malmequer.
Bem me quer
               mil
beijos ardorosos
que lhe afagam e fazem
               saltar
um gemido
               que só
sua  garganta  suspira
e
incendeia sua pele clara
de noturnos segredos.

Bem - me - quer ,malmequer ,
Bem - me - quer ,malmequer ,
Bem - me - quer ,malmequer .
                Bem me quer,
                          Um,
                      Dois,
                  Três,
            Quatro,
cinco
dedos nervosos  que se
despertam
se atiçam e revelam
sua carne,
            suas entranhas,
                   seu céu,
lindo âmago
de noturnos segredos.

Bem -  me - quer,malmequer,
bem -  me - quer,malmequer,
bem -  me - quer, malmequer.

Bem - me – quer
            boca do inferno
ou  portão do paraíso
nessa
alcova nua
de só orgasmo e incêndio?
Bem - me - quer , malmequer,
bem - me - quer,  malmequer ,
malmequer , Bem - me - quer .

Do livro Fogo de Lua & outros poemas.Recife:UBE/PE,2004,p.30.

PS: Todos os meus poemas estão devidamente registrados no escritório de direitos autorais da Fundação Biblioteca Nacional/Rio de Janeiro/Brasil


odmar braga
Enviado por odmar braga em 23/09/2005
Código do texto: T52928
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
odmar braga
Paulista - Pernambuco - Brasil, 64 anos
29 textos (23898 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:38)
odmar braga