Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOLIDÃO

Derepente um vazio tão grande invade o meu ser tomando conta de tudo, os meus olhos se enchem d'áqua e não há em mim vida para viver, sinto o coração fraco sem forças e sem uma razão de continuar vivo, uma tristeza cortante que deixa em possas de sangue um sentimento pequeno de mais para se dizer que é verdadeiro, solidão que não se acaba, solidão que me faz refletir sobre a vida e perguntar a mim mesmo: será porque me sinto assim? sinto que toda essa vida não valerá em nada se não estiver ao meu lado a razão do meu viver, que é a unica coisa que me restou e que valeu a pena ter entrado na minha vida,mas não querem que eu seja feliz, querem me ver longe da unica coisa que eu tenho nesta vida, falo muito da vida mas para que serve a vida se não posso vive-la, para que me serve? não serve para nada, à não ser para viver nessa grande solidão, aqui estou como se fosse em um labirinto tentando achar a saida, mas por mais que eu a procure não a encontro, um dia me disseram que amor que deixa os olhos enxutos não é amor, mas então, será que te amo? porque nunca rolou dos meus olhos uma lágrima se quer por tua causa, será que é amor tudo que eu sinto por você?
carina meireles
Enviado por carina meireles em 24/09/2005
Código do texto: T53433
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
carina meireles
Nepomuceno - Minas Gerais - Brasil, 29 anos
6 textos (835 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:22)