Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AFASIA ENTRISTECIDA

Voa minha liberdade, voa.
Voa por sobre montes e vales.
Voa por sobre rios e mares.
Voa livre e solta por sonhos sonhados.

Voa minha liberdade, voa.
Em abraço apertado a nova paixão.
De mãos dadas com a estrela guia.
Ou nas asas da imaginação.

Voa minha liberdade, voa.
Em grandes sonhos vestindo suas fantasias.
Nas asas dos anjos e arcanjos.
Ou em corcéis alados sem estribos freados.

Voa minha liberdade, voa.
Voa pelo tempo que o tempo têm.
Leve a afasia entristecida.
Que na escuridão se instalou.

Voa minha liberdade, voa.
Por entre nuvens algodoadas.
Traz o grito não ecoado.
O ferver do sangue em minhas veias.

Voa liberdade, voa.
Que não seja apenas força de expressão.
Que seja um grito de alerta.
A este povo, a minha nação!
eneaga
Enviado por eneaga em 26/09/2005
Código do texto: T53867
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
eneaga
Araraquara - São Paulo - Brasil
2 textos (54 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:14)
eneaga