Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

À Noite

De repente a lua
Nela imagino como tocar tua pele nua
Viajar no pensamento
Respirar e amar sem sofrimento
Concluir que a vida é mais feliz
No clímax do momento “tris”

Surge a estrela solitária
Despertando em mim uma vontade diária
De olhar em teus olhos
Os meus mais profundos sonhos

Nas nuvens noturnas te contorno
Silhueta feminina delas formo
Da reluzente lua erguida
Adorada mulher querida

A noite distancia nossos corpos
Mas não das lembranças dos nossos atos
Deste coração inteiramente apaixonado
Vívido, contente, amado
Marcel
Enviado por Marcel em 26/09/2005
Código do texto: T54127
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcel
Curitiba - Paraná - Brasil, 43 anos
100 textos (7099 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:26)
Marcel