Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sobre meninos e lobos


Decifra o meu segredo:
Caíste em meus domínios
Porque farejei teu medo
De viver sem desígnios?

Ou terás tu achado
Que era apenas um a mais
Que seria dominado,
Consumido e deixado pra trás?

Não sabes tu que o lobo
Caça à noite e sozinho?
Que por vezes uiva pra lua
Mas é senhor de seu caminho?

Os lobos, cachorros parecem
Ás vezes brincam como filhotes
Os incautos ás vezes esquecem
Eles têm presas, como serrotes.

Misteriosos, astutos, ligeiros.
Só rosnam, não precisam ladrar
Das armadilhas conhecem o cheiro
As destravam sem nunca as pisar.

Aceitaste de um lobo o presente
Cheio de intenção ele está
De te fazer seguir pro oriente
E no meio-caminho parar...

Presentes são lembranças
Sorrisos são promessas
Olhares, de cobrança
Te fazem desligar depressa

Procuraste amizade em mim
Respondi diferente do comum
Não sou esse, não assim
Sou todos, mas não qualquer um.

Empresa donde se sai não se volta
Só por melhor ou ao menos igual
Se eu tive o mais e se soltas
Não quereis ter de mim o normal

Sou mais profundo que o mar
Não sou o que você pensa
Complexo? Mais que cê possa sonhar.
Mais sombrio que a noite mais densa.
Odemilson Louzada Junior
Enviado por Odemilson Louzada Junior em 28/09/2005
Código do texto: T54704
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Odemilson Louzada Junior
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 42 anos
299 textos (13660 leituras)
1 áudios (33 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:44)
Odemilson Louzada Junior