Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Misterioso Sentido

Eu gosto dos momentos e dos sentimentos
Pessoas atrapalham, estão em toda a parte
Multiplicam-se em excesso
Os momentos são únicos
Bastam-se!
Não se metem com ninguém
E não exigem quase nada, só compreensão
E que não os interrompa em seu esplendor
Nesse mesmo instante os sentimentos vem,
Para que? Não importa, eles aparecem.
E há de estarem tristes ou alegres,
Bons ou não serão definitivos.
Bons mesmo, são os sentimentos puros
Isentos de qualquer malícia.
Macios, áspero, encantadores,
Entediantes, odiados, amados,
Os sentimentos são assim.
Eu sonho com o dia que dois caminhos
Possam se cruzar e seguir juntos
Ainda mais:
Eu sonho com um poema
Cujas palavras doces como mel,
Escorram
Como polpa de um fruto maduro
Em tua boca
Um poema que te mate de amor
Antes mesmo que tu saibas
O misterioso sentido,
Basta provares o seu gosto!


Jatai, 15 de fevereiro de 2002.
Dana Lima
Enviado por Dana Lima em 29/09/2005
Reeditado em 29/03/2014
Código do texto: T54868
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dana Lima
Jataí - Goiás - Brasil
17 textos (814 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:25)
Dana Lima