Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A menina que existe em ti

Nessas mãos de menina,
Está guardada a tua inocência.
Como é que te posso acabar com ela?
Com que direito te posso mudar?

Já não és uma criança,
Mas sinto não te poder tocar.
Não te quero enganar,
Baralhada já tu estás.

Não te posso roubar esse tesouro,
Não te quero a pensar,
Sem saberes quem amar,
A vida não é um sonho cor-de-rosa.

Fiz do teu mundo também o meu,
Fiz do meu coração.
O teu lar,
Sem nada pedir em troca.

Amar é um sentimento,
Sem consentimento.
Não nos diz se queremos ou não amar,
Leva-nos simplesmente,
 Ao encontro do desconhecido.

Eu fecho os olhos,
Só te vejo a ti.
Já não há nada a fazer,
Já fazes parte de mim...



De Jonatan Mestre, outro poema cheio de mensagem
Lily
Enviado por Lily em 30/09/2005
Código do texto: T55073
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lily
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
46 textos (4416 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:21)