Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um dia como qualquer outro

Um dia chuvoso, nublado
No celular vejo seu recado
Uma garota loira,morena, ruiva
um romance arriscado

A noite me vejo pensativo
ansioso, com o som ligado
incerto se estou em te amarrado
já estive assim?
sinceramente não sei.

Será que algo está faltando?
Acho que é engano
posso estar me apaixonando
caramba que coisa
músicas que não soam bem
sentimentos embaralhados
a mente assim se perde no além

Concentrado naquela mensagem
de repente sorrisos vêm
alegria, segurança
nada disso, apenas uma esperança
um dia como quaquer outro
quero te ver, conversar, abraçar

Num segunto te beijar
sentir a importancia dos seus lábios
beijo passa tempo, roubados...
Não, esse é um beijo apaixonado
seus lindos pés ergueram
corações dispararam

Em um dia como quaquer outro
esse foi especial
esperei tanto por esse momento
eu, você, a lua, as estrelas
Valeu a sinceridade, o amadurecimento

Tudo foi lindo
nos conhecemos
ganhamos confiança
e o recado no meu celular está quardado
Você conseguiu....
Parabéns. isso é único.
Hoje posso dizer
não da boca pra fora
que amo você

Todos os dias como quaquer outro
você foi assim: emotiva, divertida...
fez desses dias comuns
uma vida especial
mostrou o quanto podemos ser felizes

Problemas vão aparecer
mas nós dois
agora somos um, somos o eu
E eu sabe que vai vencer
Sabe que vem filhos
esses vão crescer

Isso é sonho
hoje não há...
mas eu é unico
e não pode se separar
eu é significado de amar
de uma estrela no céu
e de um dia como quaquer outro
nós tornamo-se único,inseparável, somos eu

Saulo Alencar Alves Pereira 9:00  17 de agosto de 2005
Saulo Alencar
Enviado por Saulo Alencar em 02/10/2005
Código do texto: T55825
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Saulo Alencar
Recife - Pernambuco - Brasil, 31 anos
15 textos (1416 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:34)
Saulo Alencar