Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ETERNIDADE GUARDOU


Minha pele macia.

Seus dedos

querendo

desvendar

meus segredos...


Quem dera!

Outra era.

Quem dera voltasse

os tempos de outrora.


Quem dera!

Retornasse.


Nossos beijos...

Desejos.


Nossos corpos colados.

Grudados.

Ensopados.

Tão suados...



No espelho do tempo

guardados.


O espelho que guarda o passado.

O eterno que nunca perece.

Que nunca se esquece.
SONIA DELSIN
Enviado por SONIA DELSIN em 06/03/2005
Reeditado em 01/04/2011
Código do texto: T5787

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SONIA DELSIN
São Carlos - São Paulo - Brasil
4034 textos (78090 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:21)
SONIA DELSIN