Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OLHOS TEUS NO ENIGMA AMOR
Juliana Valis




Na profundidade dos olhos teus,

Perco-me, sem vislumbrar o céu

E o próprio mar, além de tantos breus,

Meu olhar é vida, em prantos sós, sem véu,

Nos recantos lídimos de versos meus... 




Ah, universos, insignes universos do amor loquaz,

Transbordem esperança nesses tempos sós,

Irradiando a luz, na tão profícua paz,

Que o coração transcenda toda dor em nós !



E, talvez, no âmago do amor que acalma,

Possamos descobrir nossa própria essência,

Naufragando, assim, na sensatez da alma,

A cada vez que o fim pedir mais paciência !



Pois o sentimento lídimo vai além do mundo,

E, bem assim, procura transcender a dor,

Em resquícios céleres de suor profundo,

No melhor enigma que se chama "amor".



Juliana Silva Valis
Enviado por Juliana Silva Valis em 22/08/2007
Reeditado em 23/08/2007
Código do texto: T619554

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juliana Silva Valis
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
3973 textos (881757 leituras)
4 e-livros (1863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 09:48)
Juliana Silva Valis