Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BENDITO CORAÇÃO

Falei-te tantas vezes...Quantas!
Sei bem o como te encantas
com a facilidade própria dos loucos,
as belas palavras de alguns poucos,
a maciez da mão que te dá carinho,
a brancura dos velhos lençóis de linho,
a suavidade do brilho do luar
e o mar calmo de um azul olhar...
 
Falei-te! Mil vezes falei-te!
E quem haveria de negar
as possibilidades de amar?
 
E quanto mais te tornas atrevido
mais cânticos entoam em teu ouvido.
Ensurdecido para meus ferrenhos apelos
resolveste esquecer os cansados modelos
seguindo os ditames que tu mesmo inventas
no apogeu dos teus mais de cinqüenta...
 
Implorei-te! Cheguei às lágrimas por ti!
Mas falido e cansado no teu vôo solo
resolveste esquecer do crime o dolo.
No amanhecer de novas ilusões
encontras-te perdido nas emoções
mas enfrentas com galhardia
as conseqüências da tua rebeldia.
 
Falhei contigo, peço-te perdão!
Bendito coração!
 
SP, 08/01/2004
23:44 horas
Cleide Canton
Enviado por Cleide Canton em 22/10/2005
Código do texto: T62027
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cleide Canton
São Paulo - São Paulo - Brasil
77 textos (3241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:09)
Cleide Canton