Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Dê Suas Costas ...

Sua luminosidade irradia por todas as direções
Multiplicada pelo Amor que doastes em muitos corações!
Estes que no avanço da vida recebem de ti estes tesouros,
Lembrarão de ti em tempos vindouros!

Quando tu já nos seus dias adiantastes
E de cuidados especiais precisastes,
Eles em forma de Anjos do Senhor,
Gratos retribuirão tudo em Amor!

Portanto jovem Alma que me escutas
Tenhas forças para enfrentar tuas lutas,
Dirijas, seu corpo, tua mente e tua vida,
Sem deixar tua consciência esquecida!

Entregue-se nas mãos da Confiança,
Relaxe nos braços da Esperança,
Só pare para a senhora Aceitação,
Só escute a Voz de seu Coração!

E deste que vos verseja,
E que em teu peito lateja,
Dê suas costas, não para partir,
Mas para abraçada e protegida, poder sorrir!

E na mansidão do Amor eu chego
A ser um só em ti no aconchego,
Entrando ambos no esperado Portal
Fusionados no Amor Universal!


2ª Publicação
1ª em 04/07/2007 com 15 leituras
Código do texto: T551659
Leon del Bargo
Enviado por Leon del Bargo em 23/08/2007
Reeditado em 29/01/2008
Código do texto: T620851

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e seu email leondelbargo@yahoo.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leon del Bargo
São Paulo - São Paulo - Brasil, 56 anos
204 textos (12761 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 02:06)
Leon del Bargo