Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ajude-nos No Adeus

Alimentado agora estou
do Yoga que me abraçou
através da sua voz
e como se estivéssemos a sós
caminhamos em paz,
a nossa Alma harmonizar,
nossos corpos ligados
mesmo separados,

E a verdade nua
conosco continua.
Não estamos parados
e sim empenhados
a domar o ego touro
salvando nosso tesouro
deste mundo cruel
elevando-o ao céu!

Sua habilidade em ensinar
te impulsiona a caminhar.
Eu na força guerreira
te deixo... mas inteira.

Ao te contemplar
ponho-me a vibrar...
suavemente abaixo o queixo,
firme em meu eixo
humilde reverência...
na doce consciência
despeço-me vivendo
o que está sendo
uma prova intensa,
uma luta imensa!
Então saio de costas
com as mãos postas
em reverente Namastê,
afastando-me de você.......
confiando e deixando
porém ainda te amando!

É mais leve cumprir
e firmes seguir
a voz do coração,
que andar na contramão
buscando a voz mais alta
(que em mim não falta)
e o ego satisfazer,
deixá-lo no livre querer.
E depois carregar o fardo,
por isso eu não tardo.
.Anjos meus!
Ajude-nos no Adeus

2ª Publicação.

1ª Publicação no Recanto das Letras em 29/06/2007 (18 leituras)

Comentário:
29/06/2007 16h04 - MaRAH MeNDS
Uauuuuu... sentimento profundo, avassalador, impactante! Valeu poeta, boa! Boa! Beijim!
Leon del Bargo
Enviado por Leon del Bargo em 24/08/2007
Código do texto: T622318

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e seu email leondelbargo@yahoo.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leon del Bargo
São Paulo - São Paulo - Brasil, 56 anos
204 textos (12763 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 01:21)
Leon del Bargo