Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vou Poder Brilhar de Novo Enfim!

Meu presente, querida, já lhe dei
Em formas de versos, antecipado.
Mas certo estou que ainda darei
Um presente físico plasmado!

Amanhã na aurora vou passear,
Em nosso lindo ninho-jardim,
E em nosso Templo vou deixar,
Um pedacinho de mim!

Quando estive na helênica Atenas,
Dos filósofos, seguindo suas pegadas,
Colhi uma porçãozinha apenas,
De pedrinhas simples mas sagradas!

E uma delas hoje brilhou
Irradiando sua pureza pra mim.
E em sonho me ordenou:
Siga minhas instruções assim:

De um templo me retirou um dia
Onde vivia com uma bela princesa.
Devolva-me a um templo antes que tardia
Que a minha Luz que ainda irradia,

Venha totalmente se apagar.
Preciso resgatar a força minha,
Mas pra isso tem que me entregar,
De volta a ela, hoje uma Rainha!

O Templo você o conhece.
A Rainha é chamada de Ceci.
Feche os olhos em prece,
E quando cantar o bem-te-vi,

Deposite-me no local indicado,
Você não pode estar solitário.
Com ela deve estar acompanhado,
Bem antes de seu aniversário!

Logo abram os olhos devagar,
Beijem-se num doce olhar!
E os dois olhando pra mim,
Vou poder brilhar de novo enfim!

Por isso minha majestade,
Que comigo divido este reinado,
Use a sua bela criatividade,
Para atender mais este chamado!

2ª Publicação
_____________________________________________________
1ª Publicação no Recanto das Letras em 10/07/2007 - 20 leituras
Código do texto: T559484
_____________________________________________________
Comentários:
12/07/2007 11h40 - kira
Nossa Leon! Que lindo! Mais uma vez, parabéns! Feliz é a sua Ceci! Abraços.

11/07/2007 14h31 - Nay
Leon grata pela amável visita fiquei contente em te ler encontrei muitas jóia raras e parei nesta onde fiquei encantada o amor é muito belo quando correspondido ai se torna romântico como o teu parabéns e um abraço Nay

11/07/2007 10h38 - Canto do Cisne
Oi Leon, lindo seu poema, uma pergunta....e as pedrinhas do templo de Atenas? melhor vc não devolver já que elas deram brilho á essa bela criação...abraços.

11/07/2007 07h49 - ALBERT ARAUJO
maravilhoso texto caro poeta. gostei muito abraços poéticos

11/07/2007 02h09 - LuliCoutinho
Simplesmente maravilhoso!!! Parabéns!! Amei!!! Carinhos meus... Luli

11/07/2007 01h17 - lilu
Leon, poema bonito. Beleza estética, harmonioso, curioso, mostrando que tens jeito e conhecimento, além dos dons literários! Parabéns! Boa madrugada, lilu

11/07/2007 01h07 - Tânia Regina Voigt
Ah! Leon, fique tranquilo. Ela vai atender sim. Com versos tão LINDOS como esses, tem que atender!... rsrs MARAVILHOSO teu poema! VIAJEI nele todo! Gostoso de ler, reler e, pedir bis. PARABÉNS!!! beijos de luz.

Leon del Bargo
Enviado por Leon del Bargo em 24/08/2007
Código do texto: T622329

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e seu email leondelbargo@yahoo.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leon del Bargo
São Paulo - São Paulo - Brasil, 56 anos
204 textos (12763 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 22:16)
Leon del Bargo