Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POESIA DE ESSÊNCIA RUBRA

A fala que exala da minha boca
Cala ao tocar dos teus lábios
Pela tua clara poesia de essência rubra...
E que tua boca cubra-me por inteiro,
Que teu cheiro seja meu breve devaneio
Cheio...pleno...conturbado e calmo,
Que eu seja a razão dos teus espasmos de prazer
Teus cabelos embaraçados pelas minhas mãos
Teu sorriso condenado a eternidade...

Quais definições eu poderia dar ao nosso amor?
O que poderia eu dizer das nossas loucuras?
Quem pode contestar nossa felicidade?

Da nossa história tiro os versos de agora
Da nossa hora exata
Da nossa flora tão fértil
Nosso trunfo
Nosso olhar...

André Gusmão
Enviado por André Gusmão em 27/08/2007
Código do texto: T626252

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (André Gusmão - www.infonet.com.br/gusmao). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André Gusmão
Portugal, 45 anos
211 textos (27214 leituras)
1 áudios (172 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 03:49)
André Gusmão