Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FUGITIVO

                 Ainda aposto que você vai me procurar
                 Pode não ser agora sob juramento
                 Pode nem ser nesse exato momento
                 Nem quando brilhar na madrugada o luar

                 Muito menos quando sua vontade mandar
                 Será quando ouvir da alma o lamento
                 Quando a lembrança trouxer esquecimento
                 Quando eu estiver num distante lugar

                 Tão longe do seu rosto mais distante
                 Desse nosso amor sempre louco e demente
                 No meu coração antes eterno gigante

                 Em mim você esteve sempre presente
                 Até quando bobo, desejei ser amante
                 Mesmo sem ter existido na sua mente.

Marcusvinicius
Enviado por Marcusvinicius em 28/08/2007
Código do texto: T626909
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcusvinicius
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 41 anos
21 textos (486 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 13:04)
Marcusvinicius