Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A viagem sossegada e irreverente...

Noite nua…
Horizontes não interditos…
Horas inconstantes…

Entre os teus gestos e os meus
Recolhi e carinhei uma andorinha
Perversa…

E tudo depende do que,
Durando a lembrança, dormindo a criança, e fumando o abismo,
A vida me mostrar em indecisa e felina bruma
Se atinjo, ou se apenas ouso procurar a VERDADE…

E quando recolher a rosa que não houver,
Quererei um pretexto para que a alma não seja imensa…
(DIONÍSIO VILA MAIOR, in "Cântico Atlante", Coimbra, Pé de Página Editores)
DC
Enviado por DC em 28/08/2007
Código do texto: T627776

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DC
Portugal
16 textos (544 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 19:08)
DC