Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VOU CORRER ESSE RISCO


Esta manhã me arrisquei,
A marcar um encontro com o seu olhar.
Um pouco tímido e com certo receio,
Senti que os seus também me procuravam.

Foi uma identificação mútua de desejos,
Um olhar lânguido atrás de um doce sorriso.
Foi a maneira mais bonita que achei,
De dizer-te: Estou aqui!

É uma nova aventura a qual me lanço,
Uma nova escalada na montanha chamada AMOR.
É a eterna procura do homem,
Em busca da felicidade conjugal.

Vou correr esse risco novamente!
É a oportunidade que o sentimento percebe,
É o novo em minha vida que se faz presente,
Que me faz vibrar as emoções.

Há tempos que essa pele não se excita,
Que esse coração não acelera,
Que essa boca não sente a secura,
Da emoção de estar ao lado de uma mulher.

Essa mulher que me lança desafios,
Que me dirige olhares meigos,
Que me convida ao brinde,
Com a taça transbordando,
Com o néctar que embriaga.

Vem...! Quer correr o risco novamente?
É o convite que se apresenta,
Num cartão de prata.
São as mãos que se abrem,
Na direção dos braços que se estendem.

Vou correr esse risco,
Vou de encontro ao que me atrai.
Vou seguir meu coração,
Que me diz dessa vez,
Que estou na estrada certa.

Vou e quero correr esse risco.
Isso já é definitivo dentro de mim.


Di Camargo, 30/08/2007
Di Camargo
Enviado por Di Camargo em 30/08/2007
Código do texto: T630607
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Di Camargo
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 66 anos
430 textos (64893 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/17 20:44)
Di Camargo