Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A minha paixão era campador

Tocava na noite como um verdadeiro campador, só para chamar atenção dos corações alheios.
As músicas eram de letras belas, que encantava qualquer uma.
O seu olhar, não me foge ao pensamento, e a lágrima que esta paixão me causou vem em seguida.
O meu desespero para te esquecer, parece recente... foram recente.
O seu jeito de andar e de falar me encantava como se eu me apaixonasse naquele exato momento. Cada vez que te via, como se começasse tudo outra vez.
Cada olhar seu, uma nova revelação. Não interessava se era boa ou ruim você me dizia. Não com palavras, mas com comportamentos.
O seu silêncio desapareceu e a revelação veio a tona, tinha feito algo que você campador não assumia.
A paixão virou dor e despeito por parte do meu coração e do seu medo de traição. Mas hoje apesar das lágrimas que me causou, ainda voltei ao mesmo bar, onde encontrei aquele campador.
Em uma noite de luar, ele tocava para eu sonhar. E quando acabava saia a enfeitiçar garotas como eu, que por ele via os olhos brilhar.
Não estou com ele, afinal quem está? Mas o q eu ouvi, naquele cantar, outra nunca ouvirá. Pois ele só a mim fazia viajar com o som do seu violão e a sua canção, que daquele palco parecia flutuar.
Hoje só nas minhas lembranças o vejo cantar, mas na noite eu ainda o posso encontrar.

Talita Cruz
Enviado por Talita Cruz em 30/08/2007
Reeditado em 31/08/2007
Código do texto: T631070

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Talita Cruz
Caraguatatuba - São Paulo - Brasil, 32 anos
22 textos (876 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 09:51)
Talita Cruz