Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto de uma amiga que ama o seu amigo

quando olho pro teu rosto
sinto o meu corpo num ardor sem fim
e não sei até quando isso vai durar pra mim
pois é tudo tão complicado
em pensar que eu só queria ter você ao me lado

olhar em seu olhos
vivenciar todas as manhãs
dizer o que sinto por você
mas nem ao menos sei dizer
escondida sobre panos
enchugando teus prantos
por alguem nem se quer
sabe que você existe
apenas meu coração persiste

rezo a cada dia por você
mais não sinal de vida
que me faça florecer
não chore agora, a cuipa não é sua
a culpa não é de ninguém
dorme que amanhã
vai ficar tudo bem






 
andrinhaa
Enviado por andrinhaa em 31/08/2007
Código do texto: T632840

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
andrinhaa
Içara - Santa Catarina - Brasil, 25 anos
5 textos (186 leituras)
1 áudios (146 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 12:48)
andrinhaa