Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Calor

Calor

É o calor, fugido dos corpos
Que molda fantasmas de vapor
Por sobre as plantações ao longe

Grânulos incolores dispersos ao vento,
Que a cada sopro tolda imagens,
Miragens desde sol fervente.

Línguas de vento ascendente
Que brotam do solo como árvores
Etéreas sopradas por Satã.

Eu? Apenas estou vivo.
E invejo a dança cálida
Dos amores que não pude ter.
Guizos
Enviado por Guizos em 11/03/2005
Código do texto: T6349
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Guizos
Roca sales - Rio Grande do Sul - Brasil, 31 anos
5 textos (374 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:17)