Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Engraçado

 
É um pouco engraçado, este sentimento interior
Eu não sou nenhum desses, que pode se esconder facilmente
Eu não tenho muito dinheiro, mas garota, se eu tivesse
Eu compraria uma casa grande onde nós poderíamos viver.

Se eu fosse um escultor mas, novamente não,
Ou um homem que faz poções em um show de viagem eu faria
Eu sei que não é muito o que possuo, mas é o melhor que eu posso fazer neste momento
e meu presente é minha vida e ela esta aqui é para você se aceitar.

E você pode contar para todo o mundo, esta vida é sua
Pode ser bastante simples mas agora que está terminada,
Eu espero que você não se importe, eu espero que você não se importe,
Que eu me humilhe nas palavras de como a vida é maravilhosa enquanto você está no mundo e vive intensamente uma paixão.

Eu me sentei no telhado de casa e dei o chute no musgo da minha vida.
Bem, alguns dos versos me colocaram em uma encruzilhada
mas o sol foi bastante amável enquanto eu escrevi estas palavras, e derreteu o musgo. É para pessoas como você quem quer que seja você, que me mantenho ligado e vivo, pronto a escutar e amar.

Assim com licença se eu esquecer seu nome, sua façe, mas estas coisas que eu faço você vê eu esqueci, se elas são verdades elas são azuis, e se elas são eternas de qualquer maneira, o fato é, o que eu realmente quero dizer que e muito bom sentir amor por alguém que algum dia vai chegar nem tão perto nem tão longe, mas na medida exata do tempo certo.


2005 Luiz Augusto Rocha Maia
 
Guto
Enviado por Guto em 26/10/2005
Reeditado em 16/11/2005
Código do texto: T63969
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Guto
Guara I - Distrito Federal - Brasil, 42 anos
23 textos (1151 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:30)
Guto