Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CÁRCERE DO AMOR

Maravilho-me com teus olhos
Tens algo de encantador?
Ou sou eu o que te provém de encantos.
Ouço cintilante a tua voz.
Esvaeço-me na solidão.
Busco a singeleza do teu existir
Talvez na feição da flor.

Carregaste-me para longe
Onde não mais tenho autonomia
Já não mando em mim
Controla-me com altivez
Envergo-me para acompanhar-te.
Ás vezes despedaça-me
Acompanhar-te tem sido árduo.
Mesmo que seja só com pensamento.

Alancea-me com tuas garras
Ofusca-me com teu brilho
Talvez seja o momento
O ensejo da retirada
Perdido estou
Busco angustiado a saída
Insiste em prender-me.
Pois se me ausento, perderás seu artifício...
Os víveres de teu ego

Já não me deslumbra o fulgor dos teus olhos
Nem tampouco tua face terna
Teu corpo faz-te habitual
Tua sedosa pele já não é tão afável
Conseguirei meu intento.
Libertar-me-ei.
Renan Gebatty
Enviado por Renan Gebatty em 07/09/2007
Código do texto: T642637

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Renan Gebatty
Bom Despacho - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
31 textos (5224 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 16:11)
Renan Gebatty