Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amado Anjo

Ela chegou sem me pedir licença, me encantou, me fascinou
Com um olhar forte e desejável, assim me deixou
Preso em seus sentimentos, sem vontade própria para viver
Se amanheço e não te vejo, meu coração se vai perecer.

O seu corpo me acalma, o seu beijo me acende
Tuas mãos me afagam e tuas ações me surpreendem
Teu cheiro me seduz, seus cabelos me carregam
É nos toques dos seus dedos, que meus segredos se revelam.

Chegas-te tão derepente, que me vi sem defesa
Meu coração estava aberto, você chegou tão certa
Nem tive tempo de pensar, se queria ou não me apaixonar
Você chegou assim, e na solidão não vou mais ficar.

Só te peço anjo meu, que não machuques meu coração
Ao sair feche a janela, mas de sua porta, jamais não
Sou capaz de enlouquecer, se me deixas na solidão
Se não amo, eu não vivo, pobre do meu coração.
Marcos Lima
Enviado por Marcos Lima em 07/09/2007
Código do texto: T642894

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Lima
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil, 43 anos
108 textos (7292 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 19:50)
Marcos Lima