Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Atemporal


Tive medo do que senti
Na primeira vez que eu te vi
Na verdade depois que você voltou
Minha jura se quebrou
Da minha dor nada restou
Minha tristeza da sua voz se encantou
E descobri que meu amor é mesmo assim
Tão forte quanto um pedido e o seu sim
É como procurar agulha no palheiro e encontrar
Olhar no mar e ver a lua se banhar
Sentar na areia,sentir vontade de chorar
Pensar que outro alguém pode te levar
Você não vai resistir,se a intenção é me ferir
Não acredita que meus outros
Não podem te ameaçar
Fica em silêncio
Até que eu te peça pra falar
E me trata com desdém
E eu penso em recuar
Esquece por longos dias
O bem que te faz me perdoar
Se ainda tem alguma dúvida
Em poucas palavras vou te mostrar
Nossa história se faz assim
Flores,sorrisos
Diamantes,amigos
Certezas,perigos
Atemporal
Em todos os sentidos
Deise Teixeira de sousa
Enviado por Deise Teixeira de sousa em 07/09/2007
Código do texto: T642901

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site www.site do autor.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deise Teixeira de sousa
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 46 anos
8 textos (171 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 18:17)