Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOMENTE UM SONHO

O homem que sonhei
Me beija com sabor de eternidade
Basta sua presença
Para me trazer felicidade

O homem que criei
Me faz sentir protegida
Somente o teu abraço
Cura me as feridas

Seu sorriso me fascina
Me faz sentir novamente menina
Sabe como me agradar
Pois me conhece só de olhar

Sua voz quando ressoa
Desperta em mim uma leoa
E em seus lábios quero me fartar
Em nada mais quero pensar

Quando comigo se deita
Me faz mulher perfeita
Quando tudo termina
Me faz sentir sua rainha

É pena não ser realidade
Mas em sonhar que maldade!?
Darei à ele um nome virtual
Podem chamá-lo de “Byte visual”

Janete Honorio
Enviado por Janete Honorio em 08/09/2007
Código do texto: T643643
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Janete Honorio
São Paulo - São Paulo - Brasil, 53 anos
33 textos (1911 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 06:28)
Janete Honorio