Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Asas...



Livre como um pássaro
Conheci-te
E como um garoto maroto
Quis-te para mim
Só para mim
Prendi-te
Triste ficaste engaiolado
Perdeste o brilho,
Calaste o canto
 E logo percebi
Que não pertencias a mim
Pus-te em liberdade
E como um pássaro
Voou,voou para longe
E eu fiquei aqui
Novamente a admirar o seu canto
Indagando-me:
Será que um  dia vais voltar?
Ah!talvez se não tivesse te prendido
Tu não tivesses prematuramente partido
Porque asas sempre voltam a crescer.




ed BATISTA
Enviado por ed BATISTA em 12/09/2007
Código do texto: T649521

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ed BATISTA
Encanto - Rio Grande do Norte - Brasil, 32 anos
2 textos (373 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 00:55)
ed BATISTA