Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO CONSIGO FUGIR DE TEU AMOR

A cachaça sobe a cabeça,
tudo se desmancha ao meu redor.
Virei picolé de cachorro
na sarjeta de minha aldeia.

E tua janela, maldita,
sempre fechada!

Tão fechado está
teu coração
para esse meu sonho?
Dormir contigo
é escutar
Marcio Greyck e Bartô,
o que rolar é bom...
Aldir Bilac
Enviado por Aldir Bilac em 13/09/2007
Código do texto: T650770
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aldir Bilac
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 48 anos
69 textos (9045 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 03:38)
Aldir Bilac