Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fingimento


Fingi a princípio não me importar.
E o esquecimento me povoou nas faces
Um sentimento tênue
Que não divido com ninguém.

Fingi ter a força, degredado.
Saí procurando tua face na boca de outra
Na certeza de vê-la
Tropeçando na minha imagem,
Mas nem tudo é tão fácil.

Fingi ser assim
Não sei de quanto eu sou de mim
                                          (mesmo.
Saindo em busca de um fantasma
Que não existe senão além da minha
                                     (lembrança.
Fingi sorrir na tua ausência
Numa cruz sem remissão aparente
Rareando feito uma luz sem brilho.

Hoje finjo viver
Ficando em cada quarteirão
De lá para dentro de não sei onde.
Marcelo Luna
Enviado por Marcelo Luna em 15/09/2007
Código do texto: T653878
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo Luna
Juazeiro do Norte - Ceará - Brasil, 29 anos
23 textos (941 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 22:31)
Marcelo Luna