Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BELÍSSIMO OLHAR
Juliana Valis




Não dispensarás os versos dessa vida

Em cada despedida entre céu e  mar,

Minha alma flutua numa paz rendida

Ao mais belo enigma desse teu olhar... 




E quando eu só contar estrelas entre os ventos

No afã de vê-las sempre refletindo aqui

No âmago intrépido de tantos sentimentos,

Farei dos sonhos cantos que te façam rir... 




Recantos de amor, portanto, vão sem calma

Transbordando o afeto de uma cor loquaz

Em cada sol sublime que ilumina a alma,

Na estrada, apenas, que o olhar perfaz ! 




E, assim, sentimentos mergulham no oceano

Da paixão que verte em ondas de uma paz,

Em cada véu fugaz da alma que declamo,

Enaltecendo o amor, labirinto tão voraz

Que o coração transborda no horizonte sempre plano,

Lá no monte onde o olhar me leva, e não me traz...



---








Juliana Silva Valis
Enviado por Juliana Silva Valis em 16/09/2007
Reeditado em 16/09/2007
Código do texto: T654464

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juliana Silva Valis
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
3973 textos (883924 leituras)
4 e-livros (1863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 22:48)
Juliana Silva Valis