Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POESIA SEXUAL

Clima de sedução.
O romance está à flor da pele
E exala um cheiro de sexo no ar.
Existe uma intenção não escondida
no olhar vadio.
A musica rola.
Os dedos já não se controlam
Enquanto você me tem indefeso
Em seus braços.
Os corpos já não conseguem esconder
Suas intenções,
Então começam a se despir.
Despem-se de roupas,
Despem-se de emoções.
A boca aflita
Começa a percorrer seu corpo
A procura de becos, e atalhos secretos,
Que te provoque suspiros,
Risos e delícias.
Procura por teus seios
Na vã tentativa de saciar sua fome.
Mas essa é a fome da sedução,
Que como uma febre teimosa
Toma conta de nossos corpos.
O desejo se impõe.
O desejo agora é você
Que se deixa conduzir
Pela vontade de seu corpo,
Que só quer se deixar penetrar
De todas as formas possíveis
Exigidas pelo tesão.
E o tesão só quer ouvir os gemidos
Que se transformam em poesia sexual,
Repleta de sensualidade,
Repleta de você.
Pierre Palmare
Enviado por Pierre Palmare em 31/10/2005
Código do texto: T65565
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pierre Palmare
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
16 textos (2769 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:26)