Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alma...

Que se abriga onde não a vejo

Porém faz-me sentir a cada dia mais

O meu desejo

Sem, no entanto o apontar.

Em que direção devo caminhar...

 

Alma...

 

Não se cale desse jeito,

Como se não existisse aqui

Dentro do meu peito,

Liberte-se, viva, ame,

Seu direito ao amor reclame.

 

Alma...

 

Tiveste amor e recusaste,

Sem me explicar por que...

Ou és apenas uma alma dando um tempo

Por causa de um contratempo

Pois este amor era abrigo de minha alma

Oásis da minha solidão

Bússola... Guia do meu coração...

 

 

CeliaSysan
Enviado por CeliaSysan em 17/09/2007
Código do texto: T656370

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autoria: Célia Sysan). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
CeliaSysan
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
301 textos (22379 leituras)
2 e-livros (106 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 06:56)
CeliaSysan