Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Foi você que escolhi para amar

Foi na tua amizade que encontrei o verdadeiro carinho.
Fui feliz por tanto tempo, quanto ri, quanto chorei.
Só porque eu te amei.
 
De tão presente que esteve em minha vida e
de tão vulnerável e carente que este meu
coração se encontrava se entregou.
Então te amei.
 
Senti sua tristeza, dividiu sua dor comigo.
Suas amarguras foram minhas também.
Só porque te amei.
 
Quantas vezes fingi-me de forte para te Fortalecer.
Quanto embravecida fiquei, quanto carinho a você dediquei.
Só porque te amei.
 
Quantas vezes tombastes, quantas vezes
entregastes ao desanimo.
Quantas vezes você sentiu suas esperanças findarem.
Doei-me de coração para não te ver desistir.
 
Quantas mensagens de
esperanças foram enviadas.
Só porque te amei.
 
Quantos cartões alegres e festivos
enviados apenas para te ver sorrir.

Quantas músicas foram enviadas para
que visse que a vida por mais dura que
possa ser que ela ainda é bela.
E isso tudo foi porque te amei.
 
Quanto torci por seu sucesso profissional e quantas
vezes eu quis fazer parte desse mesmo sucesso contigo.
Só porque te amei.
 
Quanto sonho me contou e quanto incentivo lhe
dei para que não desistisse de nenhum deles.
 
As trocas de cartões de aniversário, assim como
os cartões comemorando nossa amizade forte e
duradoura como tantas vezes dizia os cartões de
Natal virtual para que o seu dia ficasse mais bonito.
E tudo porque te amei.
 
Quantas vezes nos meus sonhos
caminhou ao meu lado pela praia.
Quantos bate-papos pela Internet e as
boas noites carinhosas que destes e que hoje
estão guardados em meu arquivo.
E tudo era carinho.
 
Quanta troca de fotos fez, onde hoje, as suas são
o descanso da tela do meu computador e que ainda
traz repouso ao meu olhar e a minha alma.
E tudo porque te amei.
 
E hoje você já não está mais.
Não me responde quando te chamo.
 
Bloqueou-me?
‘Deletou-me’ de sua vida?
Esqueceu-me?
 
E a nossa amizade onde ficou?
Por que me fazes chorar?
Não tenho culpa por te amar.
 
Mesmo que tenha me bloqueado,
‘deletado’, esquecido...
 
Mesmo que eu tenha me decepcionado,
mesmo que esse amor tenha sido virtual,
platônico, mesmo que não queira esse amor
que importância tem?
Se ele existe!
 
Amar sem ser amado não é humilhante.
Humilhante é não saber amar.
O amor não é tristeza é alegria.
 
O amor não é agonia é saudade.
O amor não é desprezo é carinho.
O amor não é maldade ele é só bondade.

Amor é simplesmente amor.
Esse mesmo amor que existiu,
existe e existira sempre.

Não importa de que forma seja...
Porque foi você que eu escolhi para amar.



16/06/2005
SBernardelli
Enviado por SBernardelli em 31/10/2005
Reeditado em 09/02/2014
Código do texto: T65747
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SBernardelli
Caraguatatuba - São Paulo - Brasil
912 textos (289980 leituras)
25 e-livros (11513 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 11:07)
SBernardelli