Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Realidade

       

     
        Penso nele, penso logo
        Vou andando, vou chorando, e caindo vou sorrindo
   As vezes vem a lagrima, mas sou falsa e rio da dor,
sou hipocrita e beijo outro amor, que não é meu nem seu.
   Se aparece outra, faço um teatro, e fingo ser quem não sou, fazendo o que não quero e amando quem é cego.
   Acordo,e não é um sonho, é minha vida.
   Minha vida fingida, minha vida estudada, sofrida e ,calada, minha vida sem nada, doente e sem cura, pois a joguei fora quando começei a mentir.
       
Priscila Colichini
Enviado por Priscila Colichini em 31/10/2005
Código do texto: T65831
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila Colichini
Santos - São Paulo - Brasil, 28 anos
15 textos (1134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:40)
Priscila Colichini