Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
A VOZ DO AMOR

Desde a primeira vez que te vi,
tem sido sempre assim:
eu com esse olhar perdido,
com um jeito estranho,
pleno de sensações e emoções
mágicas me percorrendo por dentro...

Ouço a música do tempo
plena de lembranças,
imagens, cheiros e cores
que parecem
já terem sido há muito vividas...

Vozes misteriosas
poetam no meu ouvido...
"amo você... amo você..."
em doce e suave cantilena...

Ouço, de longe, essa voz
- bem pertinho aqui de mim -
uma voz que reconheço:
a voz do amor murmurando
as paixões
as delícias
e as loucuras do querer bem...

Então eu fico aqui no meu canto,
nesse meu recanto,
cismando e pensando e desejando
que essa voz do amor
murmure em teus ouvidos
as mesmas loucuras
que elas dizem para mim:
loucuras de um amor azul-profundo,
travesso, moleque,
tão pleno e tão grande,
bem maior que o próprio mundo...

(José de Castro, 17/09/07, da série "Poemas Adolescentes")

José de Castro
Enviado por José de Castro em 18/09/2007
Reeditado em 19/09/2007
Código do texto: T658601

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José de Castro
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 69 anos
2304 textos (688567 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 10:52)
José de Castro