Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SILÊNCIOS DA ALMA

Ouviu-me em silêncio,
abstraindo o meu ruído mudo.
Olhou-me por dentro,
com a força de um gigante
e a inocência de um menino.
Tocou-me prudente,como se toca
As teclas de um piano.
Em tuas mãos virei canção.
Não me arrancas-te uma
pétala se quer...
apenas sentiu o meu
aroma de mulher menina;
que busca na rima um lugar
dentro de ti.
Em suaves tons peço-te
promessas,não me negas.
Me acolhe e me acalma
sem perceber essa alma,
que em silêncio, te ama.
Luciane Lopes
Enviado por Luciane Lopes em 20/09/2007
Código do texto: T660876

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciane Lopes
Mirassol - São Paulo - Brasil, 46 anos
1215 textos (60430 leituras)
47 áudios (3088 audições)
1 e-livros (120 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 08:23)
Luciane Lopes