Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os Cinco Sentidos

Ouço o samba, ouço os golfinhos, ouço você me chamando ao longe.
Vejo o céu, vejo as montanhas, vejo Cristo, vejo a morte.
Chupo uma bala de menta, sinto o gosto doce de sua boca.
Sinto a sua mão, piso na pedra, sinto o frio.
Cheiro a mais formosa rosa do meu jardim, aprecio o seu perfume no ar.
Uso meus cinco sentidos com um pingo de esperança.
De que você me toque sem me chamar
De que você me olhe sem me tocar.
De que você me grite sem me olhar.
De que você sinta sem me beijar
De que você aprecie meu perfume sem ao menos perto de mim chegar
Uso os meus cinco sentidos na esperança de você voltar.
Ouço uma música, ouço animais, ouço o passado voltando.
Vejo o horizonte, vejo a natureza, vejo um Deus, me olhando de longe.
Sinto o açúcar de um doce salgado, gostaria de tê-la ao meu lado.
Sinto a vida, como se estivesse escorregando pelo ralo.
Inspiro a fragrância, vou sentindo o cheiro da fonte.
Uso meus cinco sentidos, esperando que você me encontre.
Me encontre sozinho e me veja
Me encontre surdo e me grite
Me encontre mudo e me escute
Me encontre cego e me toque
Me encontre nu e me cheire
Uso meus cincos sentidos esperando que tudo seja perfeito quando você chegar.
Escuto seu nome, em todo lugar.
Como palavras amargas, para a vida ficar mais bela.
Só seu nome, eu sei pronunciar .
Olho de longe aquela parecida com você.
Mas que de você não tem nada.
Muito menos o olhar.
Percebo o vento que vem correndo do mar.
Percebo que tudo me persegue.
E se ajeita pra que eu possa me preparar.
Sinto o cheiro de uma rosa.
Uma rosa que estás a brotar.
Uso meus cinco sentidos.
E só eles eu sei usar.
O meu amor por ti é tanto,
Que nada mais, no mundo
Torna-se viável utilizar
O meu amor por ti é tanto,
Que na vida toda que eu tenho
Só sei meus cinco sentidos usar.

Essa poesia, foi feita, à tempos, em parceria com um querido amigo, e perfeito poeta. Ronaldo Fogueral, hoje à caminho do direito, que concerteza o fará um brilhante advogado.
*Saudades*
Luana Andrade
Enviado por Luana Andrade em 20/09/2007
Código do texto: T660959

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Luana Andrade). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luana Andrade
Botucatu - São Paulo - Brasil, 28 anos
97 textos (14215 leituras)
3 áudios (842 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 16:32)
Luana Andrade