Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GOTA DE TINTA

Preciso conceber o que se revela
Por trás desse conjunto de aquarela diáfana.
Esse que expulsa suas cores que pulsam.
Gradações, quadros de pueril alma.

Posso!
Afundar sem o que respirar,
Acometer sem ter o que me socorrer.
Doer-me só para choramingar
Inda assim não a apreenderei.
Inda assim não a moverei.

Posso sim!
Assoviar a brisa
Assoprar a melodia
Abraçar o intangível
Abarcar o planeta.

Mas quero ser pingo
Mera gota de tinta
Na ponta do pincel
Com que colore sua vida
André um Jerico
Enviado por André um Jerico em 21/09/2007
Código do texto: T662357

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andre Barbosa de Oliveira www.ideiadejerico.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André um Jerico
Monte Santo de Minas - Minas Gerais - Brasil, 47 anos
56 textos (824 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 21:00)
André um Jerico