Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANTO E SINTO

Canto o canto inequívoco do enamorado,
Infestado de acasos, apanhado de fulgores.
Tal qual serena serenata ao céu recompensado,
Brilho farto do crepúsculo dos amores.
Sopro macio de pélagos do oriente designado.

Sinto o sentir invariável do enlouquecido,
Este que por toda existência nos pusemos a buscar.
Como caminheiro infatigável em caminho ignorado,
Avenida que persiste no quebrantar.
Entretanto não canta meu sentir emoldurado.
André um Jerico
Enviado por André um Jerico em 23/09/2007
Código do texto: T665283

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andre Barbosa de Oliveira www.ideiadejerico.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André um Jerico
Monte Santo de Minas - Minas Gerais - Brasil, 47 anos
56 textos (824 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 17:41)
André um Jerico