Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha insensatez

Essa minha timidez
Disfarça a minha insensatez
De te querer sempre e mais
De morrer em teus abraços
De iluminar com teu sorriso
Todo esse quarto
Para nunca mais ter que morrer
de saudade quando tu partires
Quero a doce presença tua
Essa toda formosura
E me atirar das alturas
Mesmo com toda essa timidez
Quero afagar teus prantos
E pedir mais uma vez
Perdoe essa minha insensatez
Pois nem que eu disfarce mais
Nossa história não traduz
Todo nosso caminhar
E toda grandeza que reluz
Desse terno e doce olhar

                                  Marta Vaz
Marta Vaz
Enviado por Marta Vaz em 23/09/2007
Código do texto: T665566

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Marta Vasques da Silveira) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marta Vaz
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 48 anos
12 textos (481 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 09:46)
Marta Vaz